Isto é o que queremos saber com este estudo!

Caros psicomotricistas

A Direção da APP foi convidada a integrar um estudo que está a ser realizado sob a coordenação da Prof. Doutora Maria José Chambel, da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa.

Este estudo tem como objetivo compreender como os psicomotricistas se estão a adaptar a esta situação de trabalhar a partir de casa, de acordo com as diretrizes de proteção em relação à COVID-19.

:.

A nossa colaboração é fundamental e muito simples!
Bastam entre 10 a 15 minutos para cada associado responder ao questionário online através de uma plataforma profissional especializada.

Os questionários são anónimos e a informação fornecida é totalmente confidencial sendo completamente impossível saber a identidade de quem respondeu.

Por forma a conhecer a evolução da situação, poderão voltar a solicitar-nos que respondamos a este questionário num momento posterior. Por esta razão é-nos pedido que criemos um código pessoal antes de respondermos ao questionário. O objectivo deste código é ligar as respostas nos diferentes momentos através de cada código, preservando totalmente a identidade de quem respondeu ao questionário.

Durante a análise dos resultados se os investigadores encontrarem indicadores de stress e mal-estar excessivo, divulgarão na semana a seguinte, no site do projecto, os códigos dos questionários onde observarem essa situação [ver aqui].
Caso verifique que o código pessoal que criou foi publicado, deverá procurar um profissional no âmbito da psicologia, de forma a aferir este resultado e poder receber a ajuda.
Neste momento já estão disponíveis vários serviços de apoio psicológico (gratuitos), tanto online como telefonicamente, inclusivamente ao nível do Serviço Nacional de Saúde.

:.

No final do estudo será elaborado um relatório com os resultados globais, que irá ser publicado no site da APP.

Para mais informações consulte o site do projeto: http://trabalhofamilia.psicologia.ulisboa.pt.

A colaboração de todos é muito importante.
Desta forma poderemos compreender melhor as repercussões, que estas profundas exigências de adaptação do nosso trabalho, têm em nós como pessoas e como profissionais.

:.
Por isso, participe, usando um dos links abaixo, conforme seja associado ou não.

se não é associado use este link

Os associados já receberam o link por e-mail, no entanto fica aqui mais uma vez.

associados
covid 19 e um computador. trabalhara em confinamento.